Busca por sintoma

A Clínica Gabriel Gontijo dispõe de uma ampla variedade de tratamentos dermatológicos. Digite abaixo o termo sobre o qual gostaria de saber mais.

Dermatite Atópica

Dermatite Atópica.A dermatite atópica ou eczema atópico é uma doença crônica que causa inflamação da pele, levando ao aparecimento de lesões e coceira, com períodos de piora e melhora. Além da dermatite, muitos pacientes apresentam também rinite ou bronquite alérgica (asma). A maioria dos pacientes com dermatite atópica tem familiares com atopia (asma, rinite alérgica ou dermatite).

A doença pode começar desde os primeiros meses de idade, podendo persistir por toda vida. As crises são piores no verão e inverno, podendo ser desencadeadas por fatores psicogênicos, banhos quentes demorados com muito sabonete e falta de hidratação da pele. As regiões mais acometidas são as dobras do pescoço, cotovelos e joelhos.

O paciente com dermatite atópica tem a pele mais seca porque perde mais água através da pele. Assim, necessita de fazer uso contínuo de hidratantes. Além disso, o paciente pode adquirir mais facilmente algumas infecções viróticas (verrugas, molusco contagioso) e bacterianas (impetigo).

Para controle e sucesso do tratamento é importante usar os medicamentos prescritos e observar as seguintes recomendações:

  1. Os pais devem compreender que a pele do atópico é mais sensível e necessita de cuidados especiais, principalmente no verão e inverno.
  2. As roupas do atópico devem ser leves e de algodão puro, inclusive as roupas de cama, evitando até as etiquetas com fibras sintéticas (nylon, poliéster, lã, seda). Devem ser lavadas com sabão neutro, evitando sabão em pó e amaciantes. É muito importante enxaguar bem as roupas para que o sabão, amaciante e detergentes não ressequem a pele.
  3. O banho deve ser rápido, em temperatura morna ou fria, com pouco sabonete e evitando buchas. Existem alguns sabonetes que são mais indicados para o banho do paciente com dermatite atópica, que deverão ser prescritos pelo dermatologista. As crianças atópicas não devem permanecer muito tempo em banheiras com água ensaboada. Os banhos de imersão também são desaconselháveis.
  4. É indispensável o uso continuado de hidratantes, principalmente após o banho e natação.
  5. Evite automedicação principalmente com cremes de cortisona ou corticoide. Estes medicamentos, se usados de forma inadequada, podem causar efeitos colaterais principalmente nas crianças e nas área de dobras ou flexuras da pele.
  6. Evite os extremos de temperatura que podem agravar a dermatite atópica.
  7. Evite exposições a poeira, colchões e travesseiros de pena ou paina e tapetes. Pelos de animais também podem agravar a dermatite.
  8. O fator emocional também pode agravar as crises da dermatite atópica. Procure levar uma vida saudável, praticando esportes, observando se o ambiente em casa, no trabalho e na escola são calmos, prazerosos, evitando o stress emocional sempre que possível.
  9. A  influência da alimentação na dermatite atópica é uma questão bastante controversa. Procure observar se existe alguma relação direta de piora ao ingerir determinados alimentos. Se isto ocorrer evite apenas estes alimentos. Não há dieta específica e rígida para o atópico.
  10. Siga corretamente todas as instruções e procure o dermatologista sempre que a doença estiver fora de controle.
Voltar
Dr. Gabriel Gontijo - Dermatologinsta - CRM-MG 14322/RQE 5429 Gabriel Gontijo - Dermatologia
(31) 3227 7733
contato@gabrielgontijo.com.br
Praça da Bandeira, 170, 4º andar
Mangabeiras - Belo Horizonte, MG
CD - Calebe Design